10.1.14

reflexões de madrugada


Hoje tanta coisa para mim fez sentido. Hoje fui  ensinada por algumas frases, o verdadeiro sentido de estar aqui, na vida, a tentar conquistar um lugar decente. Tanto me revi que só me apetecia chorar. Tanto vi naquelas simples frases, que me sentia um zé ninguém. Porque não tenho feito aquele esforço. O esforço necessário para me fazer sentir pelo menos alguma coisa. Nem que fosse medo. Medo de errar, por exemplo. Acho que estava mais que na hora de levar uma chapada na cara para acordar para a vida. Que imbecil do caralho. Tenho tanto para dar, tanto para mostrar e continuo fechada dentro de quatro paredes a lamentar. Que nojo.

5 comentários:

Anónimo disse...

Todos os dias são dias para mudar. A vida oferece-nos mil oportunidades, tudo o que temos que fazer é agarrarmo-nos a uma. :)e tu és tudo no mundo, basta acreditares.

Um beijinho.

Cácá disse...

Obrigada! :)

Anónimo disse...

Ora essa, não sei se estavas a precisar de palavras assim, mas mesmo que não, ficam para a posterioridade.

Aproveito para dizer que escreves muito bem, o título do teu blog tem tudo que ver comigo. :)

Sofia

Cácá disse...

Umas boas palavras nunca são demais. Obrigada querida:) volta sempre q quiseres, serás bem-vinda!

Anónimo disse...

Obrigada! Vou voltar, estou sempre à espera que escrevas mais, porque me identifico bastante com aquilo que escreves. Por acaso gostava muito de te conhecer :)