16.1.14

page 11 of 366


Em 2011, escrevi que adorava a sexta-feira e não me lembro do porquê de adorar esse dia da semana. Se me perguntassem hoje, eu responderia o mesmo porque sei a razão que está por trás. É quando ele volta. É quando anseio que o tempo passe para recebe-lo nos meus braços. Imaginem, eu a descer pela rampa de sorriso estampado no rosto, só à espera de chegar perto do carro dele e beija-lo. Ele, diz-me que estou mesmo bonita e mostra-me aquele sorriso carinhoso. Agora, ele está longe. Mas ando adorar a sensação de ter saudades dele. No entanto, quando ele parte dois dias depois para lisboa, quando venho embora, fica silêncio. Sinto-o triste. Eu não sei o que dizer. Chego a casa, olho para ele, beijo-o e digo que o amo. Ele diz que me ama, arranca ao ver-me subir, digo adeus, viro a cara e a lágrima cai.  O silêncio da tristeza está naqueles 5 segundos de despedida indesejada. Amo-o. Entendem?

1 comentário:

Daniela da Costa Silva disse...

Que saudades de te ler!

Mudei o url do blog e provavelmente os meus posts não vão aparecer no teu feed, se quiseres continuar a ver no painel tens que deixar de seguir e seguir de novo... Obrigada e desculpa pelo incómodo!