6.1.14


Foi bom dormir nos teus braços estes últimos tempos. Há quanto tempo já não estávamos assim? Tudo tem-se vindo a concretizar, repara. Aos poucos, tudo vai dar certo. Amo-te.

1 comentário:

sam disse...

infelizmente a vida nao aguenta ver-nos felizes