1.3.13

“Você não pode chamar de amor se você não é capaz de doar seu tudo, de mudar teu orgulho, de deixar ir embora quem te fez promessas de que iria ficar, de soltar quando a coisa apertar e o grito for maior que as declarações apaixonadas. Você não pode chamar de amor se não queimar e se você não pretender passar a maior parte da vida que puder resgatando estrelas e doando-as a quem te fez chorar noite passada. Não chame de amor se isso for durar um dia, e se no outro você der as costas dizendo que passou"
Floresinexatas

4 comentários:

Aurora disse...

adoro, anjo

Aurora disse...

adoro, anjo

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

adoooro!!

MaGu disse...

gostei, é bem isso ai.