15.7.12

7, ao sabor do vento

Às vezes explodir era pouco. Era preciso haver algo mais trágico do que um texto fatal e palavras que nos corta a alma. Por vezes respirar fundo só nos dá ainda mais raiva e dizer-nos a nós próprios para manter a calma só nos irrita mais. Por vezes explodir é pouco. Por vezes é preciso haver algo mais dramático para deixarem de brincar com a nossa cara.

4 comentários:

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

olá querida, olha uma coisa. eu adorava pôr o tamanho de letra como o teu, sabes se aqui há forma de mudar o tamanho da letra de todos os textos de uma vez?

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

obrigada querida, eu já consegui fazer o que queria <3

Sílvia Sampaio disse...

pronto, já segui ;)

Caroline disse...

nossa, bem o que tenho pensado. Tudo lindo aqui!