5.5.12

5, ao sabor do vento

Oferecemos o nosso lugar de amor a pessoas feitas de cristais. Que para além de nos trazerem luz, são transparentes connosco. Quebram mitos e fazem-nos perceber por momentos, o que é falar bem de alguém. Gostar de alguém. É difícil gostar de verdade. Não precisamente amor..esse é muito forte, para pequenas pessoas. Porém, fazem-nos felizes quando estão por perto mas não permanecem tal como deveriam. Tão rápido se vão, como quando chegam. Cheios de sorrisos, surpresas, segredos, notícias e trazem consigo uma grande mistura de emoções para nos transmitirem. Tomara eles serem sempre bons, nos deixem contentes e com alguma alegria dentro de nós. Nós, que queremos o bem dessas pessoas. O que nos deixa um pouco desanimados, é que para além de serem tudo isso, nos fazerem bem, é que não estão lá quando deveriam. E nós que gostamos, criamos um espaço dentro de nós, fazemos deles cristais..mas esquecemos também que podem quebrar-se e cortarem-nos. Magoar-nos. E quando vêm de novo, nós fechamos os olhos e fazemos de conta que tudo está bem...mas não está.

9 comentários:

Renata disse...

Está lindo :)

claire disse...

"Oferecemos o nosso lugar de amor a pessoas feitas de cristais. Que para além de nos trazerem luz, são transparentes connosco." está muito bom

Inês disse...

Oh, tão verdade isto aqui...

Renata disse...

Felicidades querida*

Renata disse...

Felicidades querida*

Amêndoa disse...

gosto muito!

Amêndoa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Amêndoa disse...

desculpa, enganei-me xb

Madalena Marisa disse...

profundo