1.1.12

3, um amor de amizade

Eu peço-te para quando te levantares da cama, te lembres que existe um mundo vibrante por detrás das tuas cortinas fechadas. Lembras-te do dia de sol que nos esperou no nosso primeiro encontro? É o mesmo sol que espera ver o teu sorriso de novo, com ou sem mim. Eu peço-te para te encontrares no meio desse sofrimento injusto. Não é uma guerra perdida. Este é o princípio de tantos outros, só que desta vez, tens de sair vitoriosa. Eu não te disse que iria ser fácil, ninguém o disse na sua perfeita consciência. A vida às vezes coloca-nos à prova e tens de provar-lhe que ninguém te rouba o chão que pisas. A alegria que tens. Eu só te peço que por ti tentes lutar quantas vezes tiver de ser para chegares ao fim do dia com mais uma ultrapassagem na manga. Não tenho coragem. Mas tu tens. Tens de ter, não é um pedido. Olha-te ao espelho, tu estás a acabar com o teu próprio caminho sem dares conta. E, eu não quero isso para ti. Quero a menina que tive o prazer de conhecer à anos atrás. Não é de tristezas que o teu mundo irá resultar. Acredita no que te digo. Só te estás a afogar em desilusões. Elas até te enterram dia após dia. E, sempre que o meu telemóvel toca tenho medo de saber que não te sentes mais viva e que o mundo, definitivamente acabou-se assim...de cortinas fechadas. Não me deixes triste. Por favor. É o que eu te peço.

9 comentários:

Beatriz disse...

Adorei o:

Beatriz disse...

Obrigada e igualmente (:

elise disse...

adorei, sigo*

Aurora disse...

sempre adorável

Patrícia disse...

Está lindo Cátia ! Ajuda-a a encontrar-se no meio desse sofrimento como dizes :')

Anónimo disse...

não tenho palavras para te agradecer tudo o que tens feito por mim
nem tenho palavras que possam retribuir as tuas
porque são palavras tão transparentes, tão únicas que eu nem sei o que senti
ao ler este texto!
tens sido mais que um apoio, tens sido mais que uma melhor amiga, tens sido mesmo uma irmã
aquela irmã que nunca tive e que sempre necessitei de ter
aquela que sabe usar as melhores palavras para os nossos piores momentos
quem te tem, tem tudo!
e eu orgulho-me de te ter como amiga, pois, nunca conheci ninguém como tu
ninguém que tivesse a capacidade de dizer aquilo que sente realmente!
vê-se por aí muita gente falsa mas tu és o contrário disso tudo!
podes sinceramente orgulhar-te de ti mesma..
tens uma força incrivel não desistes de nada por muito que estejas no chão
levantas-te sempre e com um sorriso nos lábios
pois o amanhã é mais um dia de luta
admiro-te por tudo, mesmo *-*

Aurora disse...

Sim princesa, sei que sim. E oh, olha, continuas a ter o teu blog, aquele que privaste há muito? <3

Patrícia disse...

muito obrigada :')

Aurora disse...

claro que me lembro. lembro de tudo daquilo daquelas pessoas que marcaram e que me seguem desde sempre. oh, como tu. e eu sempre pensei poder voltar a vê-lo. e pensei então em perguntar-te. afinal apagaste querida-<3