1.10.11

9, dono do meu coração

Pelos horrorosos dias que passei sem ti, pelas ilimitadas horas sem falar contigo, pelas árduas lágrimas, pelos sorrisos forçados, pelas tardes machucadas, pelo sol escondido, pelo sofrimento de estar mais uma noite sem ti. Não me consigo imaginar sem ti, sem as tuas palavras que me aquecem o coração, sem os maravilhosos sorrisos que me transmitias todos os dias, sem excepção. Sem os longos abraços, pelos saborosos beijos. Sem a alegria da tua presença diariamente, voltas-te. Tenho que agradecer acima de tudo ao nosso amor, já provamos que um sem o outro não somos nada, que não vale a pena tentar nos separar, nós somos inseparáveis. Pela longa experiência da nossa vida, já nada nos pega, todos os dias recebemos em conjunto lições de vida que nos tornou mais fortes. Provas-te que agora é tudo, o 'nada' está fora da nossa relação. Ainda bem, mas ainda bem mesmo que te tenho ao meu lado, finalmente os dias tornaram-se mais alegres, as horas passam rápido, as lágrimas são de euforia, os sorrisos verdadeiros, as tardes amadas, o sol brilha e a felicidade de estar mais uma noite ao teu lado, homem da minha vida.

1 comentário:

Maria Inês disse...

Adoro o texto, parabéns :D