17.9.11

6, dono do meu coração

Tenho-te sempre dito que és homem, com h grande. Sabes que o teu jeito despe-se aos meus olhos, agarra-se à minha alma, fala-me ao coração. Carregas sobre o teu corpo, esse teu leve perfume, de cheiros característicos. Sobre os teus olhos, os tons esverdeados que me encantam. O teu cabelo suave. Sabes, nem te caracterizo mais, existem enormes e vários pormenores em ti, que demasiado pormenorizados não serão mais do que pormenores.

3 comentários:

Sylvie. disse...

gosteii :DD

Madalena Mourisca disse...

'sabes, o teu cabelo ondulado de gel, puro' AHAHAHHAHHAHA
tá lindo mana!

Esther disse...

lindo..