4.9.11

sangue do meu sangue

Nós criamos a felicidade, não a procuramos. Alegria, não é por ter 17 anos, é ter-te comigo a fazê-lo também - gémea. Digamos que foi diferente, foi divertido. Aqui ou Sta. Maria da Feira não ia deixar que fosse de alguma forma secante. Entramos de pé direito, principalmente eu, que dói-me os pés como tudo. Dancei até fartar, até ao cheiro do tabaco não me incomodou - só depois às 6 da manhã que me queria deitar na minha cama cheirosa. Caga, foi do melhor. Parabéns a nós e que venham mais assim - felizes e juntas mais que nunca. Amo-te.

3 comentários:

Madalena Mourisca disse...

"até a palavra mais curta, tem a maior valia" - contigo ao nascer, contigo até morrer.

wild spirit disse...

amo-te porca.

Madalena Mourisca disse...

amo-te toura!