11.9.11

a flor bonita do meu jardim

"Não penses que escrevi este texto hoje porque me lembrei de ti ‘hoje’. Porque felizmente ou infelizmente lembro-me de ti várias vezes, demasiadas até. Sabes, és das pessoas que mais admiro e que me causa um tremendo orgulho só de saber que prevalece na minha vida desde então. Não posso dizer que alguma vez me falhas-te porque pela nossa amizade sempre tiveste disposta a tudo e mais alguma coisa, mas, sabes bem que não somos tão unidas o quão gostaríamos, quer dizer, falo por mim. És uma pessoa linda e toda a tua beleza exterior reflecte-se interiormente e sabes? Ainda bem que assim é. És das poucas pessoas por quem eu corria mundos e fins para me certificar que te encontravas bem e quando digo que são poucas, são raras, mesmo! Sempre estive habituada a ter a tua protecção, a ter o teu abraço e a ter o teu entrelaçar de dedos nas minhas mãos logo pela manhã e tu sabes melhor do que ninguém a falta que me fizeste este ano, só de não partilhares o mesmo espaço do que eu, todos os dias. Ao menos reconheço que as promessas que fizemos, cumprimos. Sempre dissemos que a distância não nos ia separar por muito ‘curta’ que fosse e ao fim deste ano lectivo encontro-me a escrever para ti e isso certamente quer dizer alguma coisa. Já tivemos momentos que só nós sabemos o quão importantes foram e eu sei que com a intensidade que os vivemos, venha quem vier, ninguém os vai conseguir repetir, não da mesma forma do que nós. Sabes irmã, não me esqueço de nada: nem da nossa pedra, que ainda a guardo, nem daquela rosa, sabes do que falo? Eu sei que sabes. Obrigada por estares comigo e eu sei que durante muito mais tempo vais prevalecer a meu lado, eu sei, eu reconheço isso, mas, não quero deixar coisas por dizer, já sabes como eu funciono: Cuida de ti, olha por ti e nunca te esqueças de mim, mesmo que eu algum dia vá, não me tires de vez da tua vida porque o meu lugar em ti, eu já estou tão habituada a ter que se me o tirasses acho muito sinceramente que era a mesma coisa do que ficar sem casa, sabes bem. E se eu digo que te amo, não é dito banalmente, sabes melhor do que qualquer pessoa, que é de coração." 

10 comentários:

han yong kyo disse...

mas que palavras tão belas, tão doces, tão sentidas.

Filipafortuna. disse...

és um exemplo a seguir, ponto !

S. disse...

e que bonito texto, hein

aR disse...

Está lindo!

beatriz disse...

"E se eu digo que te amo, não é dito banalmente, sabes melhor do que qualquer pessoa, que é de coração." encantador

anna disse...

ainda bem e obrigada (:
gostei muito do texto !

disse...

este teu doce post apaixonou-me sabes? vou vir aqui mais vezes, sem dúvida que vou:)

Marie disse...

So lovely, so true!

Cláudia Leão disse...

adoro imenso, identifico-me.(:

vou seguir*

meu blog; http://imanhurricane.blogspot.com/

cláu. disse...

adoro e sigo *